Adeus A

Adeus!

Meu lar, meu início, meu puro começar.

Sonhos que aconteceram, sonhos que não acordei, sonhos que ainda virão.

Minha base, minha fortuna, minha apresentação ao amor.

Você fica, eu vou, mas sempre seremos nós!

A jabuticabeira, o meu quarto, a tartaruga, a minha cama,
o meu armário, a ameixeira, as flores, a horta, os meus bichos,
todos os meus tesouros!

Adeus minha primeira morada, meu doce lar amado!

Nota: todos em algum momento temos ou teremos de nos despedir de algo muito importante para nós.
Nessa hora cabe uma despedida muito especial e a acima deu-se quando tive de me desfazer do imóvel aonde nasci, cresci, morei casado algum casado e hoje é ocupado por mais um prédio na cidade de São Paulo.